quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Improvável

Quanto se sai em um sábado à noite para uma balada com amigos de longa data é provável crer que a noite será longa, que se ouvirá novas versões de velhas histórias, que se embebedará com uma mistura de cerveja e uísque, que tentará convencer aquele mulherão da pista de dança que você é o cara e que – se der sorte – possa até rolar um algo a mais. Contudo é muito provável que em alguns meses você já nem se lembre para onde foi, nem o que ouviu, tampouco se bebeu e qual era mesmo o nome daquela mulher do bar.

É por isso que hoje eu comemoro a improbabilidade. Pois eu me lembro com detalhes de que há exatos nove anos eu sai em um sábado à noite para uma balada com amigos de longa data; ouvi novas versões de velhas histórias; tomei muitas cervejas e nenhum uísque; e sobre a mulher da pista de dança ... sim, eu lembro do nome e até do sobrenome, embora ele tenha mudado um ano e pouco depois.

Curioso para saber se rolou um algo a mais? Bem, posso afirmar que vem rolando um algo a mais desde então.


Dona Encrenca, feliz aniversário de namoro!

7 comentários:

Dona Encrenca disse...

Amor da vida, improvável era mesmo... logo eu que não gosto de boite, né?
La Fontaine escreveu que "O nosso destino é frequentemente conhecido nos mesmos caminhos que nós levamos para o evitar." Destino?
Não sei, penso que ser feliz não é uma questão de destino é uma conquista. Você me conquista a cada dia.
Di tuuuuuuuuuuu.

Pedro Paulo Rodrigues disse...

Aqui na Argentina, morrendo de saudades do Brasil, quando conheci vc no blog da mochila, gostei muito, me ajuda a matar as saudades do Brasil

Thais Aroca disse...

Ai, que linda história... Parabéns para vocês!

Leo disse...

Acho que eu lembro qual foi a balada que vcs se conheceram. Foi no Don Taco ou Kakadu(?). Enfim, era algum bar que se fazia de boate do inicio dos anos 00. Parabens!

Bridget Jones disse...

Oi Fabiano!

Muito grata por acompanhar nosso blog humilde (Sou para-raio de doido com hifen, please). Ficamos super felizes em receber a visita de pessoas que se identificam conosco ou que curtem as nossas histórias...

E olha, parabéns para vc e para sua Dona Encrenca. Ainda bem que ela não é doida e que vc tb não é, não é verdade? Assim vcs dois podem dar pitacos lá no nosso consultório!

Beijo da BRID

Lee Holloway disse...

Parabéns a você e à Dona Encrenca! Grandes improbabilidades podem resultar em grandes encontros e vocês são exemplo disso! Felicidades por muitos outros anos ao casal!

Quanto à pergunta que me fez sobre Cochabamba, vim esclarecer que "Cochabamba" é apenas uma brincadeira minha e da Brid. Na verdade, estive em Buenos Aires. Não sei se vc conhece, mas é uma cidade encantadora para quem gosta de boa comida e cultura.

Beijos,

Lee

Edrisse disse...

Rapá, eu tb peguei a minha na primeira noite....e já se vão 18 anos!!! Acho que no frigir dos ovos, demos sorte!
Parabéns!