terça-feira, 29 de maio de 2007

Simbolismo


Ao fazer seu pronunciamento de resposta às acusações publicadas na Revista Veja, Renan Calheiros, senador tico-tico no fubá, o fez sentado na cadeira da Presidência do Senado Federal. E o que isso tem de importante? Tudo, meus amigos, tudo! Ao fazê-lo, o alagoano jogou pesado, utilizando de sua posição institucional para defender a causa própria. Poderia ter feito da tribuna, lugar comum a todos os senadores, não o fez. Da posição de Presidente da Casa, colocou a Instituição na fileira de sua defesa pessoal e os senadores como seus fiadores. Ao meu ver, errou, colocando a Instituição a qual deveria preservar na linha de fogo.

Um comentário:

Daniella disse...

Eu me assustaria se ele tivesse usado a Tribuna!