quinta-feira, 19 de abril de 2007

Indispensável


No trabalho, reclama-se por não ter a competência reconhecida, por não ser promovido, por não ter todo o potencial aproveitado, por não ser envolvido naquele projeto especial, pelas oportunidades perdidas. No dia seguinte, agradece por não ter que ir àquela reunião logo cedo, por não ter produto a entregar, por não estar viajando ao interior, por não ser indispensável e poder ficar em casa e paparicar o filho febril. Conclusão, enquanto não viabilizarem a clonagem humana no estilo "desenho-animado" é imperioso saber quais são as verdadeiras prioridades da vida.

2 comentários:

Daniella disse...

INDISPENSÁVEL É COMER O MORANGO À BEIRA DO ABISMO!
Um sujeito caiu em um barranco e se agarrou às raízes de uma árvore.
Pouco tempo depois, em cima do barranco,apareceu uma imensa onça. A onça rosnava, mostrava os dentes, babava de ansiedade querendo atacá-lo.
Embaixo, o abismo,o vazio.
Em determinado momento, ele olhou para o lado e viu um morango vermelho, lindo, refletindo o sol.
Num esforço supremo, apoiou seu corpo, sustentado apenas pela mão direita, e, com a esquerda, pegou o morango.
Quando pôde olhá-lo melhor, ficou encantado com sua beleza.
Então, levou o morango a boca e se deliciou com seu sabor doce e suculento.
Foi um prazer supremo comer aquele morango tão gostoso.
HÁ MORANGOS À BEIRA DO ABISMO, TUDO É UMA QUESTÃO DE VER E COLHER!
(Adaptação do texto Os morangos, de Rubem Alves)

Dr. Simão Bacamarte disse...

Tudo bem. Agora, e que tal se os morangos forem servidos flambados, com sorvete de creme e calda de chocolate?